Home > Nariz

Nariz - Cuidados e tratamentos

O nariz é um órgão extremamente nobre e, diferentemente do que possa parecer, é muito dinâmico em seu funcionamento. É responsável pela respiração, olfato e desempenha importante papel estético por estar localizado no centro da face.

Uma das principais funções do nariz, além da respiração, é servir como mecanismo de proteção das vias aéreas inferiores através de filtração, purificação e umidificação do ar inspirado, evitando assim o possível aparecimento de doenças pulmonares, além de regular outros sentidos tais como o olfato, que serve como segurança para percepção do cheiro, por exemplo, de fumaça ou gás , além do odor de alimentos, para apreciar melhor o seu gosto.

O Nariz é o órgão responsável pelo olfato e paladar

O cheiro das coisas é propagado pelo ar em pequenas partículas. Quando respiramos, essas partículas penetram pelo nariz e chegam até a cavidade nasal – um espaço atrás do nariz, onde pequenos ossos direcionam o ar para a boca e para a garganta.

Algumas partículas de cheiro ficam retidas nos pêlos existentes na cavidade nasal. O órgão olfativo envia sinais ao cérebro, que os interpreta e informa se o cheiro é conhecido, ruim, agradável etc.

Quando sentimos o cheiro de algum alimento que apreciamos, ficamos com água na boca porque, ao decifrar o cheiro, o cérebro estimula as glândulas salivares e prepara o organismo para receber esse alimento.

As papilas linguais são sensores que contêm terminações nervosas capazes de reconhecer diferentes sabores e suas combinações.

Principais problemas que podem afetar o sistema olfativo

Rinite Alérgica

Uma das doenças mais comuns relacionadas ao nariz é a rinite. A rinite pode apresentar várias causas, sendo a mais comum a rinite alérgica, que se caracteriza por obstrução nasal, coriza clara e líquida, espirros e coceira. Ela normalmente surge quando o paciente entra em contato com determinadas substâncias que desencadeiam a crise tais como poeira, bolor ou perfume.

Desvio de septo nasal

O desvio de septo nasal é, sem duvida, a principal causa anatômica de obstrução nasal. Ele consiste em um desvio da cartilagem ou do osso do septo nasal, obstruindo assim a passagem de ar. A origem do desvio de septo nasal pode ser genética ou traumática. As principais repercussões da obstrução nasal são a piora do desempenho físico, já que o paciente mantém uma respiração bucal de suplência, irritabilidade crônica na garganta associada ou não à presença de pigarro e dor de garganta de repetição, principalmente pela manhã e que melhora no decorrer do dia. Outros sinais e sintomas são dificuldade no dormir, sono agitado, roncos e apnéia noturna (parada respiratória durante o sono), que podem levar ao aparecimento de doenças como pressão alta, dificuldade de concentração e irritabilidade e, após consulta com otorrinolaringologista, descobre-se que a causa é o desvio de septo nasal.

Distúrbios do sono, ronco e apnéia noturna

A ocorrência da obstrução nasal, que causa distúrbios de sono, associado a roncos e apnéia noturna (parada respiratória durante o sono ), com alteração da saturação de oxigênio, pode levar à um difícil controle de doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial sistêmica, o que aumenta as chances de derrame cerebral e infarto do coração. Distúrbios de comportamento, tais como crises de ira, descontrole emocional e dificuldade de concentração podem estar relacionados as noites mal dormidas apenas pelo fato de o paciente apresentar obstrução nasal com distúrbio do sono. Obstrução nasal de repetição pode ainda ser um fator desencadeador da cefaléia rinogênica, ou seja, a dor de cabeça de origem nasal, que pode estar relacionada às enxaquecas de difícil controle, sem resposta as medicações usuais.

Sangramento nasal

O nariz ainda pode apresentar outros problemas de grande importância tais como sangramento nasal, ou epistaxe, que muitas vezes pode apresentar-se em grande volume e pode estar relacionada a outras patologias prévias como hipertensão arterial sistêmica, tumores nasais ou doenças hematológicas relacionadas a distúrbios de coagulação. Este sangramento em crianças normalmente esta relacionado com traumatismo digital (dedo dentro do nariz).

Sinusite

Paralelamente ao nariz encontrarmos os seios da face, estruturas ósseas que apresentam comunicação direta com o nariz e, por isso, muitas vezes com problemas relacionados a ele. O mais comum é a sinusite, dor em pressão na face que pode estar associada com coriza variando desde clara espessada até à uma coloração verde amarelada, associada à mal estar geral do paciente. A sinusite pode ser aguda, como a que ocorre durante um resfriado mais forte, mal tratado ou crônica, levando o paciente a apresentar dor facial e pressão em face ou em toda a cabeça, obstrução nasal e coriza anterior ou posterior (algo como se o paciente estivesse sempre engolindo algo que vem do nariz). Assim sendo, a realização de uma videonasoscopia assim como tomografia computadorizada de seios da face faz o diagnóstico diferencial entre enxaqueca e sinusite crônica a fim de que seja instituído o correto tratamento para o paciente.

Rinoplastia, cirurgia reparadora ou estética do nariz

É claro que não podemos nos esquecer de quão bela é a estrutura nasal. Ele tem o privilégio de encontrar-se no centro da face, sendo responsável por toda a sua harmonia. Muitos pacientes desenvolvem distúrbios sociais e de comportamento, como em momentos de tirar fotos, pelo fato de não se sentirem bem com o próprio nariz, acarretando em um isolamento social. A rinoplastia ou cirurgia estética do nariz pode ser reparadora, quando o paciente sofre algum tipo de trauma em face e consequentemente com uma fratura dos ossos próprios do nariz, podendo estar associado com lacerações em pele ou estética, para correção da estrutura nasal que não esteja agradando ao paciente.

Anestesia e a cirurgia nasal

A otorrinolaringologia foi, sem dúvida, uma das áreas da medicina que mais evoluiu nos últimos anos. Além da evolução na tecnologia diagnóstica, como o uso da cirurgia assistida por vídeo, levando a uma cirurgia minimamente invasiva, os procedimentos cirúrgicos, principalmente relacionados à rinologia, tiveram evolução gigantesca. Atualmente a maioria das cirurgias do nariz são realizadas com anestesia local e sedação, com exceção de crianças muito pequenas, tumores intranasais de grande extensão ou acesso a tumores de base de crânio. Além disso, foi abolido o uso do tampão nasal no pós-operatório, algo que, sem dúvida, representava um dos maiores desconfortos ao paciente.

| Últimas Notícias

[25/08/2011] - Rinite e Sinusite

Cirurgias de adenóides e amígdalas. Como proceder e prevenir-se.

[25/08/2011] - Cuidados com a voz

Cuidados especiais para quem utiliza a voz profissionalmente

[25/08/2011] - Audição e fone de ouvido

Fones de ouvido causam problemas auditivos

| Dúvidas Frequentes

[25/08/2011] - Crianças e adolescentes

Dúvidas sobre os cuidados com a saúde de crianças e adolescentes

| Centro Médico Valéria Frota

Rua 9-A, nº 160, Andar L - Setor Aeroporto
Goiânia-GO - CEP: 74075-250
Fone: +55 62 3223 5810 / +55 62 3225 2981

| Hospital de Olhos Aparecida

Av. Abel Ribeiro, Qd. 32 - Centro
Aparecida de Goiânia-GO - CEP: 74890-010
Fone: +55 62 3097 2100

Pré-Agendamento

Sua solicitação será confirmada em até 48 horas após o preenchimento.

| Newsletter

E-mail:

| CAT - Central de Atendimento Telefônico

Esta central foi criada para melhor servir os clientes e pacientes da SINUS. Resolver e esclarecer qualquer dúvida com rapidez, presteza e gentileza.

Centro Médico Valéria Frota: (62) 3223 5810
Hospital de Olhos Aparecida: (62) 3097 2100 |

CEP: 74075-250